Categorias
Consejos de fotografía

10 hechos sobre iluminación que mejorarán tus fotos

10 hechos sobre iluminación que mejorarán tus fotos

Sin perder el tiempo hoy hablaremos de los 10 hechos sobre la iluminación que muchas personas dejan pasar desapercibidos, pero esa será la base completa para tus fotos.

Sí, sé que he estado más revuelta con los mensajes en los últimos meses, pero todo esto es parte de un plan. Y te prometo que algún día te lo diré. Pero hoy vamos directamente a lo que importa, y en la fotografía lo que más importa es la luz. Así que hoy voy a poner aquí 10 fotos sobre la iluminación que le ayudará a mejorar sus fotos.

Cuanto mayor sea la fuente de luz, más suave será la luz

Una cosa muy simple que no todo el mundo sabe es que el tamaño de la iluminación hace una gran diferencia en sus fotos. Y uno de los primeros grandes hechos sobre la iluminación que mejorará tus fotos es que cuanto mayor sea la fuente de luz, más suave es.

detrás de las escenas de la grabación de una entrevista con una mujer en una biblioteca.

Con una fuente de luz grande, atenúa las sombras, reduce el contraste y suprime la textura. Con una amplia fuente, los rayos de luz llegan al sujeto en más direcciones, lo que tiende a llenar sombras y dar una iluminación más uniforme a la escena.

Usted no necesita ningún equipo de estudio para implementar esto en su propia fotografía. Colocar el sujeto de tu retrato cerca de una ventana grande y brillante que no recibe luz solar directa esencialmente crea una caja de luz gratis.

Cuanto más cerca esté la fuente de luz, más suave es la luz

Este está totalmente conectado al primer punto, cuanto más se aleja la fuente de luz de los objetos, más difícil se vuelve la luz. Cuanto más cerca esté la luz, mayor será en relación con lo que se le fotografia.

hombre mirando a la cámara - Piense en el sol, que es algo así como 109 veces el diámetro de la tierra

Piense en el sol, que es algo así como 109 veces el diámetro de la tierra – bastante grande derecho! Pero a 93 millones de kilómetros de distancia, ocupa una porción muy pequeña del cielo. Siendo tan grande en la naturaleza su distancia de nosotros lo convierte en una pequeña fuente de iluminación.

El resultado de esto es que al disparar en días soleados, utilizando sólo la iluminación del sol, siempre tendremos sombras más definidas. Cuál es una de las grandes características de la luz dura, o fuentes de iluminación pequeñas y / o distantes.

La difusión dispersa la luz

Primero hablemos de difusión. La difusión no es más que poner algo entre la fuente de luz y el objeto de la foto para que interfiera con el comportamiento de la luz. Este es uno de los hechos acerca de la iluminación que todo el mundo olvida que existe hasta que la necesitan.

Por lo general, estamos hablando de alguna interferencia que permite que la luz golpee a su sujeto. La difusión dispersa la luz, esencialmente ampliando la fuente de luz y, por lo tanto, más suave.

Podemos observar un hermoso ejemplo de esto cuando las nubes flotan frente al sol, las sombras se vuelven menos distintas. Las nubes actúan como difusores. En días nublados, todo el cielo se convierte en una softbox gigante.

Si no tienes las nubes disponibles para poder difundir tu iluminación puedes utilizar una gama de otros materiales. Desde difusores profesionales hasta cortinas de baño.

La luz reflejada actúa como difusión 

Cada vez que usamos la luz reflejada en algo actúa como luz difusa, es decir, si quieres descomponer un poco la dureza de alguna fuente de luz, puedes intentar reflejarla en alguna superficie.

Apunte su luz hacia una pared blanca antes de que golpee al sujeto y verá que las sombras en la foto estaban mucho más bajo control.

Esto se debe a que está aumentando el tamaño físico de su fuente de luz y, como hemos visto al principio del artículo, todo está relacionado con el tamaño físico, no hay bromas aquí, eh …

Un trozo de papel de aluminio arrugado, arrugado y luego estirado sobre una placa de cartón, puede servir como un gran reflector, no será tan suave como una pared blanca, pero será ideal para generar contraste y reflejos brillantes.

Cuanto más lejos esté la fuente de luz, más débil y más oscuro se pone

La regla es clara si se tocó dentro del área es una falta y es una penal … ooops blog equivocado …

De todos modos, la ley es clara, la ley del inverso del cuadrado de la distancia, que para muchos puede parecer complicado, pero de hecho es bastante simple y uno de los 10 hechos sobre la iluminación que mejorarán sus fotos que nunca podrá olvidar. .

Sol en un edificio abandonado

Si duplicas la distancia entre la iluminación y el sujeto aumentas su tamaño efectivo, pero también perderás fuerza de iluminación en el sujeto.

En otras palabras, la luz disminuye rápidamente cuando cuanto más te alejas – algo a tener en cuenta si estás moviendo las luces o el sujeto para cambiar la calidad de la luz.

La decadencia de la luz se puede utilizar para variar la relación entre la luz del sujeto y el fondo

Patrones de diamante - En esto siempre tenemos que iluminar el fondo por separado del tema principal.

No tenemos que iluminar siempre el fondo por separado del sujeto principal. Con eso en mente, podemos usar la misma fuente de luz para iluminar el fondo y el sujeto al mismo tiempo.

Si acerca la iluminación al fondo, la desintegración de la luz ayudará a iluminarla. Y usando el caso opuesto, alejando al sujeto del fondo, hará que la luz decaiga y no se extienda lo suficiente como para iluminar adecuadamente el fondo.

La iluminación frontal reduce la textura

Un retratista puede querer mantener la fuente de luz cerca del eje de la lente para suprimir las arrugas de la piel, y esto llamamos iluminación frontal.

Niño en una piscina mirando la cámara con sus ojos azules - el octavo hecho sobre la iluminación muestra cómo controlar las texturas

Generalmente, cuanto mayor sea el ángulo en el que se coloca la luz en relación con el objeto, más textura se revela. Si está fotografiando a un perro y desea conservar los detalles en el pelaje suave, coloque la fuente de luz ligeramente a un lado, no directamente.

La misma regla se aplica al configurar una luz capilar.

Las sombras ayudan a crear volumen

Tener sombras en tus fotos, ya sean retratos o paisajes, te ayudará a crear la sensación de volumen en la foto, algo tridimensional.

Pensamiento de dama de ojos cerrados - luz y sombra, dar personalidad a la foto y completar los 10 hechos sobre la iluminación

Así que es inteligente utilizar las sombras a su favor cuando se trata de crear su iluminación. Además Por lo tanto, es inteligente utilizar las sombras a su favor cuando se trata de crear su iluminación. Además de esto, una hermosa iluminación, que tiene áreas de luz y sombra, le da personalidad a la foto y también ayuda en la composición que guía los ojos del espectador a través de la foto.

La luz de fondo se puede utilizar como iluminación muy difusa

La función de luz de fondo se usa ampliamente cuando queremos fotografiar la silueta de algo o persona. Pero esta no es la única función de este tipo de iluminación.

Hombre mirando la puesta de sol en un bosque - siluetas con luz natural son uno de los 10 hechos sobre la iluminación

Parece fácil fotografiar siluetas con luz natural, pero en realidad no siempre es tan fácil. Incluso con la luz que viene desde atrás, tenemos una gran cantidad de reflejos que alcanzarán tu tema donde no lo necesites.
Por supuesto, esto puede ser útil en algún momento, ya que esta luz que refleja y es muy difusa y suave. Entonces obtienes una foto con pequeñas sombras duras en la cara del sujeto, por ejemplo.

Por supuesto, tendrá que controlar su exposición cuidadosamente en este tipo de situación para que el fondo no esté completamente sobreexpuesto.

La luz es de color, incluso cuando se ve blanca

Otro de los 10 hechos sobre la iluminación tiene que ver con el color de la luz. Esto se llama temperatura de color, y nuestra computadora integrada, ojos + cerebro, es muy hábil para ajustar nuestra percepción, por lo que apenas notamos estas diferencias . Sin embargo, los sensores digitales y las películas pueden grabar proyecciones de color donde nuestros ojos no las ven tan fácilmente.

El color de la mañana y la tarde es cálido, mientras que la sombra abierta al mediodía puede ser bastante azulada. Las lámparas de tungsteno emiten luz muy amarilla. E incluso si no nota la pared naranja donde la luz se refleja antes de que llegue al sujeto, está coloreando su foto.

Con las cámaras digitales, puede usar el control de balance de blancos para neutralizar o enfatizar las proyecciones de color, por ejemplo, para agregar un tono más cálido a un paisaje o retrato.
Con la película, tenía que elegir la película adecuada para la luz en la que estaba disparando o compensar con filtros colocados en la parte frontal de la lente.

El balance de blancos es muy importante en algunas ocasiones, cuando necesite representar fielmente una determinada escena, tendrá que ajustar el balance de blancos en consecuencia que no cambia la escena

En otros casos, es posible usar el balance de blancos como una herramienta artística, cambiando efectivamente el estado de ánimo de las fotos simplemente manipulando su color general.

Como puede ver, estos 10 hechos sobre iluminación no solo lo ayudarán a mejorar sus fotos, sino que también lo harán ver sus fotos de una manera diferente.

Si te gustó este artículo, considera compartirlo con tus amigos, ¡ayuda mucho al blog y me anima a crear más artículos como este! Hasta la vista.

Categorias
Photography Tips

10 lighting facts that will enhance your photos

10 lighting facts that will enhance your photos

Without wasting time today we will talk about the 10 facts about lighting that many people let go unnoticed but that will be the whole foundation for your photos.

Yes, I know I have been more relapsing with the posts in recent months, but all this is part of a plan. And I promise one day I’ll tell you. But today we go straight to what matters, and in photography what matters most is light. So today I will put here 10 photos about lighting that will help you improve your photos.

The bigger the light source, the smoother the light

One very simple thing that not everyone knows is that the size of the lighting makes a big difference in your photos. And one of the first great facts about lighting that will enhance your photos is that the larger the light source it is the smoother it is.

behind the scenes of recording an interview with a woman in a library.

With a large light source you dim shadows, reduce contrast and suppress texture. With a wide source, the rays of light reach the subject in more directions, which tends to fill shadows and give a more uniform illumination to the scene.

You don’t need any studio equipment to implement this in your own photography. Placing the subject of your portrait near a large, bright window that doesn’t get direct sunlight essentially creates a free light box.

The closer the light source, the smoother the light

This one is fully connected to the first point, the further you move the light source away from objects, the harder the light becomes. The closer the subject the light is bigger it will become relative to what you are photographed.

man staring at the camera - Think of the sun, which is something like 109 times the diameter of the earth

Think of the sun, which is something like 109 times the diameter of the earth – pretty big right! But 93 million kilometers away, it occupies a very small portion of the sky. Being so, even being great in nature his distance from us makes him a small source of illumination.

The result of this is that when shooting on sunny days, using only the lighting of the sun, we will always have more defined shadows which is one of the great features of hard light, or small and/or distant lighting sources.

Diffusion disperses light

First let’s talk about diffusion. Diffusion is nothing more than putting something between the light source and the object of the photo so that it interferes with the behavior of light. This is one of the facts about lighting that everyone forgets exists until they need it. Usually we’re talking about some interference that allows light to hit your subject. Diffusion disperses light, essentially making the light source wider and therefore smoother.

We can observe a beautiful example of this when the clouds float in front of the sun, the shadows become less distinct. The clouds are acting as diffusers. On cloudy days the entire sky becomes a giant softbox.

If you do not have the clouds available to be able to diffuse your lights you can use a range of other materials. From professional diffusers to bathroom curtains.

Reflected light acts as diffusion 

Every time we use the reflected light on something like it, it acts as diffused light, i.e. if you want to break down a little bit the hardness of your light source, you can try to reflect it on some surface.

Point your light at a white wall before it hits your subject and you will see that the shadows in the photo were much more under control.

This is because you are increasing the physical size of your light source, and as we have seen at the beginning of the article everything is involved with the physical size, no jokes here huh…

A piece of crumpled aluminum paper, crumpled and then stretched on a cardboard plate, can serve as a great reflector or bouncer, it will not be as soft as a white wall but it will be great for generating contrast and bright highlights.

The further away the light source, the weaker and darker it gets

The rule is clear if it was touched inside the area is foul and it is penalty…..ooops wrong blog…

Anyway, the law is clear, the law of the inverse of the square of distance, which for many may seem complicated, but in fact it is quite simple and one of the 10 facts about lighting that will improve your photos that you can never forget.

Sunshine in an abandoned building

If you double the distance between the light source and the subject you increase its effective size, but you will also lose lighting in the subject.

In other words, the light decreases quickly the further you move it away – something to keep in mind if you are moving the lights or the subject to change the quality of the light.

Light decay can be used to vary the relationship between subject light and background

Diamond patterns - In this we always have to illuminate the background separately from the main subject.

We don’t have to always light the background separately from the main subject. With that in mind, we can use the same light source to illuminate both the background and the subject at the same time.

If you bring the illumination closer to the background, the decay of the light will help to make it illuminated. And using the opposite case, moving the subject away from the background, will cause the light decay not to spread enough to properly illuminate the background.

Front lighting reduces texture

A portraitist may want to keep the light source close to the lens axis to suppress skin wrinkles, and this we call frontal lighting.

Boy in a pool looking at camera with his blue eyes - the eighth fact about lighting shows how to control textures

Generally, the greater the angle at which light is positioned relative to the object, the more texture is revealed. If you are photographing a dog and want to retain the details in the soft fur, position the light source slightly to the side, not directly.

The same rule applies when setting up a hair light.

Shadows help create volume

Having shadows in your photos, whether they’re portraits or landscapes, will help you create the feeling of volume in the photo, something three-dimensional.

Closed-eyed lady thinking - light and shadow, give personality to photo and complete the 10 facts about lighting

So it’s smart to use the shadows to your advantage when it comes to creating your lighting. In addition to this a beautiful lighting, which has areas of light and shadow, it gives personality to the photo and also help in the composition guiding the eyes of the viewer through the photo.

The backlight can be used as highly diffuse lighting

The backlit feature is widely used when we want to photograph the silhouette of something or person. But this is not the only function of this type of lighting.

Man looking at the sunset in a forest - silhouettes with natural light are one of 10 facts about lighting

It seems easy to photograph silhouettes in natural light, but in reality it is not always that easy. Even with the light coming from behind we have a lot of reflection that will reach your subject where you don’t need to.
This can of course come in handy at some point, as this light that reflects and it is very diffuse and soft. So you get a photo with little hard shadows on the subject’s face for example.

Of course, you will have to control your exposure carefully in this type of situation so that the fund is not completely overexposed.

Light is colored, even when it looks white

Another one of the 10 facts about lighting has to do with the color of the light. This is called color temperature, and our built-in computer, eyes + brain, is very adept at adjusting our perception, so that we hardly notice these differences . Digital sensors and films, however, can record color projections where our eyes don’t see them so easily.

The color of early morning and late afternoon is warm, while the shade open at midday can be quite bluish. Tungsten lamps emits very yellow light. And even if you don’t notice the orange wall where the light is reflecting before it reaches your subject, it is coloring your photo.

With digital cameras, you can use white balance control to neutralize or emphasize color projections – for example, to add a warmer tone to a landscape or portrait.
With the film, you had to choose the right film for the light in which you were shooting or compensate with filters placed on the front of the lens.

The white balance is super important on some occasions, when you need to faithfully represent a particular scene, you will have to adjust the white balance accordingly that it doesn’t change the scene.

In other cases, it is possible to use white balance as an artistic tool, effectively changing the mood of the photos just by manipulating their general color.

As you can see this 10 facts about lighting not only will help you to improve your photos but they will also make you see your photos in a different way.

If you liked this article consider sharing it with your friends, it helps the blog a lot and encourages me to create more article like this! Cya!

Categorias
Dicas de fotografia

10 fatos sobre iluminação que melhorarão suas fotos

10 fatos sobre iluminação que melhorarão suas fotos

Sem perder tempo hoje vamos falar sobre os 10 fatos sobre iluminação que muita gente deixa passar despercebido mas que vão ser todo o alicerce para suas fotos.

É eu sei tenho sido mais relapso com os posts nos últimos meses, mas tudo isto faz parte de um plano. E prometo que um dia em conto. Mas hoje vamos direto ao que importa, e em fotografia o que mais importa é a luz. Por isso hoje vou colocar aqui 10 fotos sobre iluminação que vão te ajudar a melhorar suas fotos.

Quanto maior a fonte de luz, mais suave a luz

Uma coisa bem simples que não todo mundo sabe é que o tamanho da iluminação faz um grande diferença em suas fotos. E um dos primeiros grande fatos sobre iluminação que melhorarão suas fotos é que quanto maior a fonte de iluminação mais suave ela é.

bastidores da gravação de uma entrevista com uma mulher em uma biblioteca.

Com uma fonte de luz grande você diminui as sombras, reduz o contraste e suprime a textura. Com uma fonte ampla, os raios de luz atingem o assunto de mais direções, o que tende a preencher sombras e a dar uma iluminação mais uniforme à cena.

Você não precisa de nenhum equipamento de estúdio para implementar isso em sua própria fotografia. Posicionar o assunto do seu retrato perto de uma janela grande e brilhante que não recebe luz direta do sol cria essencialmente uma caixa de luz gratuita.

Quanto mais próxima a fonte de luz, mais suave é a luz

Este aqui é totalmente ligada ao primeiro ponto, quanto mais você afasta a fonte de luz dos objetos, mais dura a luz se torna. Quanto mais próxima do sujeito a luz estiver maior ela vai  se tornar em relação ao que você está fotografado.

homen olhando fixamente para a camera - Pense no sol, que é algo como 109 vezes o diâmetro da terra

Pense no sol, que é algo como 109 vezes o diâmetro da terra – bem grande né! Mas, a 93 milhões de quilômetros de distância, ocupa uma porção muito pequena do céu. Sendo assim ele mesmo sendo grande em natureza sua distância da gente o torna uma fonte pequena de iluminação.

O resultado disto é que ao fotografar em dias de sol, usando apenas a iluminação do sol, sempre vamos ter sombras mais definidas. O que uma das grandes características das luz dura, ou de fontes de iluminação pequenas e/ou distantes.

A difusão dispersa a luz

Primeiro vamos falar em difusão. Difusão nada mais é que colocar algo entre a fonte de luz e o objeto da foto de forma que isto interfira no comportamento da luz. Este é um dos fatos sobre iluminação que todo mundo esquece que existe até precisar dele.

Normalmente estamos falando de algumas interferência que permite que luz ainda atinja o que você está fotografando. A difusão dispersa a luz, essencialmente tornando a fonte de luz mais ampla e, portanto, mais suave.

Podemos observar um belo exemplo disto quando as nuvens flutuam diante do sol, as sombras ficam menos distintas. Logo as nuvens estão atuando como difusores. Em dias nublado o céu inteiro se torna um softbox gigante.

Caso você não tenha a disposição nuvens para poder difundir sua iluminação você pode usar um gama de outros materiais. Desde difusores profissionais até cortinas de banheiro.

A luz refletida atua como difusão 

Todos vez que usamos a luz refletida em alguma coisa ela atua como luz difusa, ou seja se você quiser quebrar um pouco pouco a dureza de alguma fonte de luz, você pode tentar refleti-la em alguma superfície.

Aponte sua luz para uma parede branca antes dela atingir seu sujeito  e você verá que as sombras na foto ficaram muito mais sobre controle.

Isto acontece porque você está aumentando o tamanho físico da sua fonte de luz, e como vimos no começo do artigo tudo tem a haver com o tamanho físico, sem duplo sentido hein.

Um pedaço de papel de alumínio amassado, amassado e depois esticado em uma placa de papelão, pode servir como um otimo refletor ou rebatedor, ele não serão tão macio quanto uma parede branca mas será ótimo para gerar contraste e realces brilhantes.

Quanto mais longe a fonte de luz, mais fraca e escura ela fica

A regra é clara se foi tocado dentro da area é falta dentro e é pênalti…..ooops blog errado…

De qualquer forma a lei é clara, a lei do inverso do quadrado da distância, que para muitos pode parecer complicado, mas na verdade é bem simples e um dos 10 fatos sobre iluminação que melhorarão suas fotos que você pode esquecer nunca.

raio de sol em uma construção abandonada

Se você dobrar a distância entre a iluminação e o assunto você aumenta o seu tamanho efetivo, mas também perderá força de iluminação no assunto.

Em outras palavras, a luz diminui rapidamente quando mais você a afastar – algo a ter em mente se você estiver movendo as luzes ou o assunto para alterar a qualidade da luz.

A decaimento da luz pode ser usado para variar a relação entre a luz do assunto e do fundo

padroes de losangulos - Neste sempre temos que iluminar o fundo separadamente do sujeito principal.

Nem sempre temos que iluminar o fundo separadamente do sujeito principal. Pensando assim podemos usar a mesma fonte de luz para iluminar tanto o fundo quanto o sujeito ao mesmo tempo.

Se você aproximar a iluminação do fundo o decaimento da luz ajudará a deixá-lo iluminado. E usando o caso contrário, afastar o sujeito do fundo, fará com que o decaimento da luz não se espalhe o suficiente para iluminar propriamente o fundo.

A iluminação frontal reduz a textura

Um retratista pode querer manter a fonte de luz próxima ao eixo da lente para suprimir as rugas da pele, e isso chamamos de iluminação frontal.

menino em uma piscina olhando para camera com seus olhos azuis - o oitavo fato sobre iluminação mostra como controlar texturas

Geralmente, quanto maior o ângulo em que a luz é posicionada em relação ao objeto, mais textura é revelada. Se você estiver fotografando um cachorro e quiser reter os detalhes no pêlo macio, posicione a fonte de luz um pouco para o lado, e não diretamente.

A mesma regra se aplica ao configurar uma luz de cabelo.

Sombras ajudam a criar volume

Ter sombras nas suas fotos, sejam elas retratos ou paisagens, vai te ajudar a criar a sensação de volume na foto, algo tridimensional.

Senhora de olhos fechado pensando - luz e de sombra, dão personalidade a foto e completam o 10 fatos sobre iluminação

Então é inteligente usar as sombras a seu favor na hora de criar sua iluminação. Além disto uma bela iluminação, que tenha áreas de luz e de sombra, dão personalidade a foto e ajudam também na composição guiando os olhos do espectador pela foto.

A luz de fundo pode ser usada como iluminação altamente difusa

O recurso da iluminação de fundo é muito usado quando queremos fotografar a silhueta de alguma coisa ou pessoa. Mas esta não é a única função deste tipo de iluminação.

Homen olhando o por do sol em uma floresta -  silhuetas com luz natural sao um dos 10 fatos sobre iluminação

Parece fácil fotografar silhuetas com luz natural, mas na verdade nem sempre é tão fácil assim. Mesmo com a luz vindo de trás temos um monte de reflexão que iram atingir o seu assunto onde você não precisa.

Isto pode claro vir a calhar em algum momento, pois esta luz que reflete e ela é bem difusa e suave. Assim você consegue um foto com pouca sombras dura no rosto do sujeito por exemplo. 

É claro que você terá que controlar sua exposição cuidadosamente neste tipo de situação para que o fundo não fique completamente superexposto.

A luz tem cor, mesmo quando ela parece branca

Mais um dos 10 fatos sobr eiluminação tem relação com a cor da luz. Isso se chama temperatura de cor, e nosso computador embutido, olhos + cérebro, é muito hábil em ajustar nossa percepção, de modo que quase não a percebemos estas diferenças. Sensores digitais e filmes, no entanto, podem gravar projeções de cores onde nossos olhos não as vêem tão facilmente.

A cor do início da manhã e do final da tarde é quente, enquanto a sombra aberta ao meio-dia pode ser bastante azulada. As lâmpadas de tungstênio emitem luz muito amarela. E mesmo que você não perceba a parede laranja onde a luz está refletindo antes de chegar ao seu sujeito está colorindo sua foto.

Com as câmeras digitais, você pode usar o controle de balanço de branco para neutralizar as projeções de cores ou enfatizá-las – por exemplo, para adicionar um tom mais quente a uma paisagem ou retrato.

Com o filme, você tinha que escolher o filme certo para a luz em que estava fotografando ou compensar com filtros colocados no frontal das lentes.

O balanço de branco é super importante em algumas ocasiões, quando você precisa representar fielmente uma determinada cena, você terá que ajustar o balanço de branco de forma que ele não altere a cena.

Em outros caso é possível usar o balanço de branco como ferramenta artística, alterando de forma eficaz o humor das fotos apenas manipulando a cor geral delas.

Como vocês podem ver este 10 fatos sobre iluminação não apenas te ajudaram a melhorar suas fotos mais também vão fazer você enxergar a fotografia de uma forma diferente.

Se você gostou deste arigo considere compartilho com seus amigos, isto ajuda muito o blog e me incentiva a criar mais artigo como este! Até aproxima.