Categorias
Dicas de Lightroom e Photoshop

O módulo Develop do Lightroom

Se você leu meus artigos anteriores sobre Lightroom você já deve entender como ele difere do Photoshop e como ele usa um banco de dados para organizar suas fotos de forma eficiente,.

Você também viu como processá-las, e a parte do processamentos das imagens ficam por conta do Módulo develop do Lightroom, ou módulo de revelação.

O Lightroom evoluiu para um processador de fotografias muito poderoso, e agora é possível processar a maioria de suas imagens nele.

Você só precisa usar outro software como o Photoshop ou um plug-in quando atingir os limites do que Lightroom pode fazer.

O processamento bruto de imagens tem um lugar no módulo Develop do Lightroom, módulo de revelação.

Se você nunca usou o Lightroom antes talvez fique meio confuso com o layout do programa, mas nada que você não possa fazer após ler este artigo.

Diferente do Photoshop o Lightroom não tem camadas ou modos de mistura, e não há nenhuma ordem definida real para fazer as coisas.

Como Lightroom trabalha com edição não destrutiva dos arquivos você pode ficar despreocupado, pois caso não goste do resultado final é só da um reset na foto e começar novamente.

Com ele é possível editar arquivos em vários formatos desde Jpeg e tiff até arquivos do tipo Raw, que são os meus preferidos para se trabalhar.

O módulo Develop do Lightroom

O primeiro passo é escolher a foto que você ira trabalhar, para isto vá até o módulo biblioteca, ou library, e escolha sua candidata a foto do ano!.

O módulo de Develop do Lightroom é dividido em seções, existem vários painéis do lado esquerdo da tela e também ao lado direito.

módulo Develop do Lightroom
O módulo Develop do Lightroom

Você deve ter notado que não há nenhum painel Pastas (lado esquerdo) no módulo develop do Lightroom.

Esta é a maneira de incentivar o uso de coleções da Adobe. Então, se você não está fazendo uso das coleções agora é hora de adquirir o hábito.

Se você quiser pode recolher os módulos que não são úteis no momento, como o fila de fotos na parte inferior e os painéis na esquerda da tela.

módulo Develop do Lightroom
Sua tela deve ser algo como isto, com os painéis da direita e o histograma disponível à direita, e a foto que você está trabalhando ocupando o resto da tela.
Se você não vê a barra abaixo de sua imagem aperte a tecla T no seu teclado para exibir ou ocultar.
módulo Develop do Lightroom
Painel básico / Correção da Lente / Calibragem da Câmera

Os painéis da direita contém a maioria das ferramentas que o Lightroom tem para o processamento de arquivos RAW. Hoje vamos olhar para três destes painéis.

Estes painéis são importantes porque são a base do trabalho de processamento que você irá em uma imagem.

Painel de calibração

O painel Calibração da câmera é o ponto de partida ideal para o processamento de uma imagem. Neste painel você irá encontrar duas opções importantes.

Processo: Deve ser definido para 2012 (atual). Que já vem ajustado por padrão.

módulo Develop do Lightroom

Perfil: aqui você deve definir o que ficará melhor para sua fotos, e isto ira variar de acorda com a câmera que você usou para fazer a foto.

Todas as câmeras têm perfis que você define para determinar o tratamento da imagem.

Cada fabricante tem nomes diferentes para esta configuração por exemplo, a Canon chama-Picture Style, Nikon Picture Control e Fujifilm Film Simulation.

Neste painel o Lightroom deve te mostrar a maioria das configurações que você tem disponível em sua câmera além de um outra opção chamada Adobe Padrão. Seu trabalho é escolher o perfil que é mais adequado para sua foto.

Painel de correções da lente

Há um monte de coisas que você pode fazer no painel Correção do Lente mas para começar você só vai precisa de dois:

Carregando um perfil de lente

módulo Develop do Lightroom

 
Note que esta captura de tela é de uma foto tirada com uma câmera Canon.
Clique em Perfil e marque a caixa de correção de perfil como ativa. Selecione a lente que usou para a foto no menu abaixo.
O Lightroom contém perfis para as lentes mais comumente utilizados.
Defina o controle e distorção pra 100 (valor padrão), o Lightroom usará o perfil selecionado para remover distorções causadas pela lente.
Já o padrão do controle de vinheta é 100, este controle clareia as bordas da foto para compensar o efeito de vinheta causado por lentes com grandes aberturas.
Claro que você pode escolher deixar alguma vinheta por questões estéticas da foto, então desta forma ajuste o controle deslizante da forma desejada.

Removendo as aberrações

módulo Develop do Lightroom

Clique na de Cor e marque remover a caixa para aberração cromática. Isto diz Lightroom para remover todas as aberrações cromáticas causadas pela lente.

módulo Develop do Lightroom

Os controles deslizantes abaixo são para remoção de bordas nas cores roxo e verde e são zerados por padrão.

O painel básico

No modulo develop do Lightroom o painel básico, ou Basic, é onde você irá ajustar os valores tonais de suas imagens.

Estes controles deslizantes podem fazer um enorme diferença em suas imagens, e vão existir fotos que só precisarão de pequenos ajustes neste painel e em mais nenhum outro.

Controle de balaço de branco

Se você não tiver certeza do que é balaço de branco, então leia estes artigos antes:

Luz natural: Qualidade da luz

Luz natural: Entendendo a cor da luz

De qualquer forma tudo que você precisa saber aqui é que se você usar o controle deslizante Temp para a esquerda você deixará sua imagens com cores mais frias  e usando o mesmo controle para a direita o resultado será cores mais quentes.

módulo Develop do Lightroom

Procure sempre ajustar o controle WB, ou balanço de branco, de forma que não mude o conceito pretendido para cada imagem que você estiver processando.

Já o controle Tint trará pra imagem mais cor, caso você não queira uma imagem com cores neutras, você pode adicionar mais magenta ou vai verde a sua imagem.

módulo Develop do LightroomAinda falando sobre cores existem mais duas opções que te ajudarão a controlar tal aspecto da imagem, são os controles Vibrance e Saturation.
Com o vibrance você irá alterar o quão vividas serão as cores de sua imagem, tendo um efeito melhor sobre as cores mais fracas.
Já o controle de saturação, saturation, trabalhará em todas as matizes de cor igualmente.
Brinque com este controles até encontrar o ponto onde a foto fica boa para você, do jeito que você a imaginou.
Brincar com eles em algumas imagens diferentes para obter o jeito de como eles funcionam.

Controles tonais

módulo Develop do LightroomAqui é moda do ajuste fino de suas imagens, usando estes controles deslizantes você ira criar uma nova perspectiva de como enxergar suas fotos.
O controle deslizante de Exposição
Como próprio nome diz ele controla a exposição da imagem, para a direta torna a imagem mais exposta no geral e para a esquerda mais escura no geral.
O controle deslizante de Contraste
Mais uma vez um controle bem simples, Movê-lo para a direta aumenta o contrastes e para a esquerda diminui o contraste.
Destaque e sombras (highlights and shadows)
Considerando que os controles anteriores afetam a foto como um todo, os controles de destaque, highlights, e sombras, shadows, trabalham apenas nas regiões das luzes e das sombras, tons claros e escuros da foto.
Aqui não existe nenhuma regra apenas experimentação, use os controles de forma que você consiga atingir o efeito desejado em suas fotos.
Controles de branco e preto (blacks and whites)
Estes são controles do modulo develop do Lightroom que podem fazer uma enorme diferença em suas fotos, desde que saiba usa-los.
Eles trabalham em cima das cores pretas, ou mais escuras, da foto e das cores claras, ou áreas brancas da fotos.
Este controles são bem diferentes dos controles de destaque e sombras.
Para deixar que o Lightroom descubra automaticamente os níveis destes controles segure a tecla shift e clique duas vezes sobre o nome deste controles e veja como o Lightroom pode te ajudar.
Clarity
Este controle trabalha em cima do contraste dos tons médios da foto. em termos bem simples, levando este controle para a direita você enfatiza os detalhes, trazendo mais textura a imagem, e para a esquerda você remove textura da imagem.
Controle sua tentação de usar o controle clarity em excesso, principalmente em se tratando de retratos femininos.
Estes foram os controles do painel básico do modulo develop do Lightroom.
Trabalhe sempre com carinho todas as fotos não importa quanto tempo você ira levar para desenvolver cada uma de suas fotos.módulo Develop do LightroomUma vez que você consiga ajustes bacanas que possam funcionar em outras fotos nada impede de você criar um preset para facilitar a edição de fotos futuras.
Mais isto é assunto para um próximo artigo.
módulo Develop do LightroomDeixe um comentário, compartilhe na sua timeline e ajude a divulgar o blog!

Categorias
Consejos de Lightroom y Photoshop

Postproducción en Lightroom

Postproducción en Lightroom

Mucha gente dice que la fotografía es una forma de arte, y no estoy en desacuerdo en absoluto, hay tantos elementos involucrados que incluso es fácil perderse durante el proceso de creación de una obra, y hoy voy a dar algunos consejos del penúltimo proceso de todos, post producción para principiantes.

La postproducción puede parecer muy difícil, especialmente para principiantes, pero lo que digo en este momento es estar tranquilo, tener paciencia y practicar, probarlo.

Nunca olvides que las grandes fotografías van más allá de la posproducción. Una hermosa foto necesita conceptos fuertes, necesita estar bien compuesta, por lo que de esta manera tenemos una hermosa base para trabajar.

La elección de la sotfware de posproducción

El tipo de edición que harás a tus imágenes no depende del software que elijas, o ya tengas, después de todo tiene casi las mismas funciones.

Los dos más famosos son Adobe Photoshop y Lightroom, que son armas para fotógrafos aficionados serios y, por supuesto, para profesionales.

Pero si usted es un principiante absoluto tal vez usted optará por otras opciones de software de post-producción, incluso porque algunos costos de software absurdo.

Hay grandes opciones sin costo como PicMonkey y Picasa, que funcionan muy bien en un nivel básico.

Si utilizas tu smartphone como cámara tendrás multitud de aplicaciones que harán todo el servicio de postproducción, algunas de ellas muy bien por cierto.

Como no he ocultado artículos anteriores soy un fan de Lightroom, y es él a quien usaré para escribir este artículo.

Establecer horizonte

Una de las primeras cosas que hago en la posproducción es ajustar el horizonte de la foto, siempre y cuando no lo hayas hecho directamente en la cámara en el momento de la toma.   Por supuesto, esto no es una regla, sino sólo una opción, porque dependiendo del concepto de la composición que desea pasar al espectador fotos satinadas puede funcionar muy bien.     Para las imágenes que tienen el horizonte o las líneas principales que representarán el mismo ajustar el nivel del horizonte y casi una necesidad absoluta.

Usa el ajuste del horizonte para hacer que tus fotos sean equilibradas

Utilice la herramienta Angulo de Lightroom para ajustar el horizonte de las fotografías, también puede utilizar esta herramienta para dibujar la línea del horizonte y hacer que el proceso sea más orgánico.

Conjunto de líneas de horizonte.

Ajustar o recortar elementos no deseados

Después de ajustar la línea del horizonte, es hora de pensar en recortar o recortar la imagen. En este momento es bueno que analice lo que puede y no puede permanecer en la foto.   Busque algo que pueda ser un objeto no deseado y vea si se puede extraer solo en el recorte de la imagen. No siempre es posible ajustar todo con el cultivo.

Sección de recorte

Si el recorte no te ayuda mucho en este momento tendrás que tomar procedimientos más drásticos para que se eliminen los objetos que no se verán bien en las fotos.

Utilice la herramienta de recorte para cambiar el aspecto de las fotos

Si está utilizando Photoshop hará un buen uso de las herramientas de clon y sello para desaparecer con lo que no desea que aparezca.   Ya cuando esté realizando la postproducción en Lightroom, la herramienta de pincel Sanación de manchas será su mejor amigo.  

Retire todas las manchas

Este paso aquí puede ser su salvación en algunos casos, especialmente en casos de fotos con larga exposición. Por supuesto, puede utilizar esta herramienta para eliminar objetos que no desea en la foto.

Herramienta de sanación puntual

  Si está utilizando otro software, busque una herramienta que tenga la opción de flecha.   En la foto sugerida había algo que no me gustaba tener en la foto, sólo un pequeño detalle, más de todos modos tuve que eliminar, y para esto utilicé el espacio curativo lightroom.

Zona donde tenías un objeto no deseado
Y con un simple clic y soplo!. ¡Desapareció!

Ajuste la exposición y el contraste

Bueno, aquí puede pensar que todo ya está listo, pero de hecho puede que esté empezando.   Ajusta todos los niveles de color, contraste y otras cosas son casi siempre necesarias para que puedas transmitir al espectador todo lo que sentías al hacer la foto.   Y hablando de Lightroom tiene una sección dedicada sólo a este procedimiento en la postproducción de una imagen.

Controles de Lightroom
Controles de Lightroom

Aquí puede ajustar el balance de blancos de la imagen, el contraste, la exposición correcta, ajustar la temperatura del color, ajustar los niveles en blanco y negro y resaltar las regiones y las sombras de la imagen.   Esta tal vez es la sección que va a pasar la mayor parte del tiempo en la producción de post imagen, después de todo lo que ofrece el mejor trabajo posible.   Así que deja fluir tu imaginación y pon en la imagen todo lo que creas que necesita.  

Ajustar la saturación

Ajustar la saturación de color y la temperatura llevará tus imágenes a nuevos patrones de humor, así que ten cuidado de esto para que tus imágenes no se vean demasiado procesadas y sobrecargadas, a menos que esto sea intencional.  

Exportar a la web o imprimir

Aquí es donde la gente comete la mayoría de los errores. Al decidir el formato de distribución de sus imágenes, y la postproducción también se encarga de estos aspectos.

A continuación, tendrá que utilizar diferentes ajustes al distribuir sus fotos a través de la web o si las imprime para hacer esa bonita imagen.

Exportar do Lightroom

Al hacer clic en Archivo o Archivo y, a continuación, en la exportación, encontrará el menú de exportación de Lightroom, es posible cambiar el nombre de distribución del archivo también cambiar las dimensiones, así como incluir una marca de agua.

Exportado en Lightroom

Cuando esté distribuyendo sus imágenes a través de Internet, siempre preste mucha atención a las dimensiones permitidas por los sitios donde tiene la intención de enviar dichas fotos.

Y esto se puede hacer en postproducción en el menú de exportación de Lightroom.

Elija si la imagen se distribuirá a través de la web o si se imprimirá.

Finalmente, una vez que termines tu imagen sólo te perderás una cosa, disfruta.

El proceso de postproducción puede parecer un poco complicado, así que no estás acostumbrado, pero con el tiempo notarás que vale la pena cada segundo que hayas invertido en una imagen.

Aquí tenemos la imagen final después de un proceso que tomó unos 30 minutos, confiando en las impresiones de la pantalla para el artículo.

Asegúrese de ver los artículos anteriores, para revelar en sus plazos y por supuesto que pueden dejar comentarios!

Categorias
Lightroom and Photoshop Tips

Post-production on Lightroom

Many people say that photography is an art form, and I do not disagree at all, there are so many elements involved that it is even easy to get lost during the process of creating a work, and today I will give some tips of the penultimate process of all, post-production for beginners.

The post-production may seem very challenging, especially for beginners, but what I say at this time is be calm, have patience and practice, try it.

Never forget that great photographs go beyond post-production. A beautiful photo needs strong concepts, needs to be well composed, so that this way we have a beautiful foundation to work.

Post-production software

The type of editing you will do to your images does not depend on which software you will choose, or already have, after all, it has almost the same functions.

The two most famous are Adobe Photoshop and Lightroom, which are weapons for serious amateur photographers and of course for professionals. But if you’re an absolute beginner maybe you’ll opt for other post-production software options, even because of some software costs absurd.

There are great options at no cost like PicMonkey and Picasa, which work great on a basic level. If you use your smartphone as a camera you will have a multitude of apps that will do all the post-production service, some of them very well by the way.

As I have not hidden previous articles I am a fan of Lightroom, and it is he who I will use to write this article.

Set the horizon

One of the first things I do in post-production is to adjust the horizon of the photo, as long as you have not done it directly on camera at the time of the shooting. Of course, this is not a rule, but just an option, because depending on the concept of the composition you want to pass to the viewer slanted photos can work very well. For images that have the horizon or main lines that will represent the same adjust the level of the horizon and almost an absolute need.

Post-production on Lightroom
Post-production on Lightroom
Use horizon adjustment to make your photos balanced

Use the Angle tool in Lightroom to adjust the horizon of your photos, you can also use this tool to draw your horizon line and make the process more organic.

Post-production on Lightroom
Horizon line set.

Adjust or crop unwanted elements

After you’ve adjusted the horizon line it’s time to think about cropping, or cropping, the image. At this time it is good you analyze what can and can not stay in the photo.

Look for something that might be an unwanted object and see if it can be pulled out only in the crop of the image. It is not always possible to adjust everything with the crop.

Post-production on Lightroom

If the cropping does not help you much at this time you will have to take more drastic procedures so that the objects that will not look good in the photos are removed.

Post-production on Lightroom

If you are using Photoshop you will make good use of the clone and stamp tools to disappear with what you do not want it to appear.

Already when you are doing the post-production in Lightroom the Spot Healing brush tool will be your best friend.

Remove all dust spots

This step here may be your salvation in some cases, especially in cases of photos with long exposure. Of course, you can use this tool to remove objects you don’t want in the photo.

Post-production on Lightroom
Spot Healing tool

If you are using another software look for a tool that has an arrow option. In the suggested photo there was something I did not like to have in the photo, just a small detail, more anyway I had to remove, and for this, I used the spot healing on Lightroom.

Post-production on Lightroom
An area where you had an unwanted object
Post-production on Lightroom
And with a simple click and puff!. Disappeared!

Adjust exposure and contrast

Well here you may think that everything is already ready, but in fact, you may be just getting started.

Adjusts all levels of color, contrast and other things are almost always necessary so that you can pass on to the viewer all that feeling you had when taking the photo.

And speaking of Lightroom you have a section dedicated only to this procedure in the post-production of an image.

Post-production on Lightroom
Lightroom controls

Here you can adjust the white balance of the image, contrast, correct exposure, adjust color temperature, adjust black and white levels and highlight regions and image shadows.

This maybe is the section you will spend most of the time in post image production, after all, you who deliver the best job possible. So let your imagination flow and put in the image everything you think it needs.

Adjust saturation

Adjusting color saturation and temperature will take your images to new mood patterns, so take care of this so that your images don’t look too processed and overcharged, unless this is intentional.

Export to web or print

This is where people make the most mistakes. When deciding the distribution format of your images, and post-production also takes care of these aspects.

Then you will have to use different settings when distributing your photos over the web or if you print them to make that nice picture.

Post-production on Lightroom
Export from menu on Lightroom

By clicking File, or File, and then in export, you will find the Lightroom export menu, it is possible to change the distribution name of the file also change the dimensions as well as include a watermark.

Post-production on Lightroom
Export menu on Lightroom

When you are distributing your images over the internet, always pay close attention to the dimensions allowed by the sites where you intend to send such photos.

And this can be done in post production in the Lightroom export menu.

Post-production on Lightroom

Choose whether the image will be distributed across the web or whether it will be printed.

Finally, once you finish your image will only miss one thing, enjoy. The post-production process may seem kind of complicated so you’re not used to it, but over time you’ll notice it’s worth every second you’ve invested in an image.

Here we have the final image after a process that took about 30 minutes, relying on the prints of the screen for the article.

Post-production on Lightroom

Be sure to see the previous articles, to disclose in their timelines and of course they can leave comments!

Categorias
Dicas de Lightroom e Photoshop

Pós produção no Lightroom

Pós produção no Lightroom

Muitas pessoas dizem que fotografia é uma forma de arte, e eu não discordo de forma alguma, existem tantos elementos envolvidos que até fica fácil se perder durante o processo de criação de uma obra, e hoje darei algumas dicas do penúltimo processo de todos, a pós produção para iniciantes.

A pós produção pode parecer muito desafiadora, principalmente para iniciantes, mas o que digo neste hora é tenha calma, tenha paciência  e pratique, experimente.

Nunca se esqueça que grande fotografias vão além da pós produção. Uma bela foto precisa de conceitos forte, precisa ser bem composta, para que desta forma tenhamos um belo alicerce para trabalhar.

A escolha do sotfware de pós produção

O tipo de edição que você ira fazer a suas imagens não depende de qual software você vai escolher, ou já tem, afinal em sua maioria ele tem quase as mesmas funções.

Os dois mais famosos são o Adobe Photoshop e o Lightroom, que são armas para fotógrafos amadores sérios e é claro para profissionais.

Mas se você é um novato absoluto talvez você opte por outros opções de software de pós produção, até por conta de alguns softwares custarem um absurdo.

Existem ótimas opções sem custo algum como o PicMonkey e o Picasa, que funcionam muito bem em um nível básico.

Se você usa o seu smartphone como câmera você terá uma infinidade de apps que farão todo o serviço de pós produção, alguns deles muito bem por sinal.

Como não escondi nós artigos anteriores sou fã do Lightroom, e é ele que usarei para escrever este artigo.

Ajuste o horizonte

Uma das primeiras coisas que faço na pós produção é ajustar o horizonte da foto, desde que já não tenha feito direto na câmera na hora de fotografar.   Claro que isto não é regra, e sim apenas uma opção, pois dependendo do conceito da composição que você quer passar ao expectador fotos inclinadas podem funcionar muito bem.     Para imagens que têm o horizonte ou linhas principais que venham a representar o mesmo ajustar o nível do horizonte e quase uma necessidade absoluta.

Use o ajuste de horizonte para deixar suas fotos equilibradas

Use a ferramenta Angle no Lightroom para ajustar o horizonte de suas fotos, você também pode usar esta ferramenta para traçar sua linha do horizonte e tornar o processo mais orgânico.

Linha do horizonte ajustada.

Ajustar ou recortar elementos indesejados

Depois que você ajustou a linha do horizonte é hora de pensar no recorte ,ou crop, da imagem. Nesta hora é bom você analisar o que pode ou não pode ficar na foto.   Procure por algo que possa ser um objeto indesejado e veja se ele pode ser retirar apenas no recorte da imagem. Nem sempre é possível ajustar tudo com o crop.

Seção de recorte

Caso o recorte não te ajude muito nesta hora você terá que tomar procedimentos mais drásticos para que os objetos que não vão ficar bem na fotos seja retirados.

Use a ferramenta de recorte para mudar o aspecto da fotos

    Se você estiver usando o Photoshop você fará bom uso das ferramentas de clone e carimbo para sumir com o que você não quer que aparece.   Já quando você esta fazendo a pós produção no Lightroom a ferramenta Spot Healing brush será sua melhor amiga.  

Remova todos os pontos de poeira

Esta etapa aqui pode ser sua salvação em alguns casos, principalmente em casos de fotos com longa exposição. É claro que você pode usar esta ferramenta para remover objetos que você não deseja na foto.

Spot Healing tool

 Caso esteja usando outro software procure alguma ferramenta que tenha seta opção.   Na foto sugerida tinha algo que eu não gostei de ter na foto, apenas um pequeno detalhe, mais de qualquer forma tive que remover, e para isto usei o spot healing do Lightroom.

Área onde tinha um objeto indesejado
E com um simples clique e puff!. Sumiu!

Ajuste a exposição e contraste

Bom aqui você pode pensar que tudo já esta pronto, mas na verdade você pode estar apenas começando.   Ajusta todos os níveis de cor, contraste e outras coisas quase sempre são necessários para que você consiga passar ao espectador todos aquele sentimento que você teve ao fazer a foto.   E falando do Lightroom você tem uma seção dedicada apenas para este procedimento na pós produção de uma imagem.

Controles do Lightroom
Controles do Lightroom

Aqui você pode ajustar o balanço de branco da imagem, contraste, corrigir a exposição, ajustar temperatura da cor, ajustar níveis de pretos e brancos e de regiões de destaque e sombras da imagem. Esta talvez seja a seção que você vai passar a maior parte do tempo na pós produção da imagem, afinal você que entregar o melhor trabalho possível.   Então deixe a imaginação fluir e coloque na imagem tudo que você achar que ele precise.  

Ajustar a saturação

Ajustar saturação e temperatura da cor irão levar suas imagens a novos padrões de humor, então tome cuido com isto para que suas imagens não pareçam muito processadas e carregadas em demasia, há não ser que isto seja intencional.  

Exportação para web ou impressão

Aqui é onde as pessoas cometem a maioria dos erros. Na hora de decidir o formato de distribuição de suas imagens, e a pós produção também toma conta destes aspectos.

Então você terá que usar configurações diferentes quando for distribuir suas fotos pela web ou se for imprimi-las para fazer aquele quadro bacana.

Export do Lightroom

Clicando em Arquivo, ou File, e depois em export você encontrara o menu de exportação do Lightroom, nele é possível mudar o nome de distribuição do arquivo também mudar as dimensões assim como incluir uma marca d’água.

Exportado no Lightroom

Quanto estiver distribuindo suas imagens pela internet preste sempre bastante atenção nas dimensões permitidas pelos sites onde você pretende enviar tais fotos.

E isto pode ser feito na pós produção no menu de exportação do Lightroom.

Escolha se a imagem será distribuída pela web ou se será impressa.

Por fim, uma vez que você terminar sua imagem só faltará uma coisa, aproveitar.

O processo de pós produção pode parecer meio complicado para que não esta acostumado, mas com o tempo você irá notar que vale cada segundo que você investiu em uma imagem.

Aqui temos a imagem final após um processo que tomou cerca de 30 minutos, contando com os prints da tela para o artigo.

Não deixem de ver os artigos anteriores, de divulgar em suas timelines e claro que podem deixar comentários!